X_sinais_de_que_a_produtividade_da_sua_empresa_não_está_indo_bem.jpg.jpeg

Para uma empresa, a produtividade é um fator essencial de sobrevivência e crescimento. Esse elemento tem um sentido muito amplo, por isso, para muitos gestores, é um problema medi-lo de acordo com seus objetivos.

Para um administrador, por exemplo, a produtividade é a relação entre os seus investimentos e o lucro obtido. Já para a indústria, é a relação entre a quantidade de produtos produzidos e o tempo gasto. Sendo assim, é preciso estar atento aos fatores que podem ou não estar influenciando na produtividade da sua empresa. Confira 5 sinais:

Suas metas não são alcançadas

De acordo com a técnica SMART, uma meta deve ser específica, mensurável, relevante, atingível e realizada no prazo. Se as suas não têm sido alcançadas mês após mês, de acordo com o seu histórico anterior e com expectativas futuras, existe um claro problema de produtividade na sua empresa.

Quando isso acontece, muitos gestores se focam em procurar culpados na equipe e substituí-los, o que costuma ser um grande erro. Se as suas métricas não estão sendo atingidas é hora de se reunir com o seu time para repensar as estratégias que a sua empresa vem adotando em vez de apontar apenas uma pessoa como responsável.

Seus indicadores de desempenho estão sempre baixos

A produtividade é um dos principais indicadores de desempenho de processos, também chamados de “KPI”. Ela também apresenta uma forte influência sobre o andamento de outras áreas, como a eficácia, lucratividade, rentabilidade, vendas, competitividade e, claro, qualidade.

É comum que, ocasionalmente, um desses indicadores esteja baixo. Porém, quando a maioria se encontra desalinhada é um sinal de que os processos estão ineficientes e ineficazes, o que influencia nas decisões de gestores e excelência da empresa.

Seus colaboradores estão desmotivados

Ter uma equipe alinhada, que sabe se comunicar e que permanece motivada é um dos maiores trunfos das empresas para aumentar a sua produtividade. Muitas vezes, por problemas na própria carreira, alguns colaboradores tendem a ficar insatisfeitos e desmotivados, por isso é importante que o diálogo seja o elemento principal da relação entre os líderes e seus funcionários.

Incentivar um profissional é uma maneira de demonstrar que se preocupa com ele e aprecia a sua importância para o crescimento da empresa. Esse incentivo pode vir associado ao compartilhamento de tarefas para evitar a sobrecarga, delegação de funções mais relevantes, oferecimento de treinamentos, ajustes na carga horária, ou até mesmo a implantação de algum desafio que motive sua equipe a produzir mais (e melhor) de forma satisfatória também para ela e não apenas para a sua empresa.

Seus prazos estão atrasados

A jornada de trabalho é definida como o período em que um colaborador está disponível para executar tarefas relacionadas à sua empresa. No Brasil, ela é determinada por 44h semanais. Já em países como a Holanda, ela é de apenas 29h. Esses dados mostram que não existe uma quantidade de horas ideais para que prazos sejam cumpridos. O que importa, no final, é a forma com que uma equipe consegue lidar com o tempo e a quantidade de tarefas planejadas.

Se a sua empresa não consegue cumprir pelo menos 75% de todo o planejamento diário é hora de rever a maneira como é feita a gestão dos seus projetos e como as tarefas têm sido delegadas. Uma carga horária exaustiva ou inadequada também pode influenciar no cumprimento ou não do seu cronograma.

Sua carta de clientes está estagnada

Observar a reação dos seus clientes é uma das melhores formas de avaliar a produtividade da sua empresa. Se você não tem aumentado o seu número de clientes ou, pior, está perdendo os que já tinham sido fidelizados, é hora de rever suas estratégias e fazer novos planos.

Trazer novidades, contatá-los com frequência e manter suas informações cadastrais atualizadas são ações que devem fazer parte do relacionamento entre uma empresa e sua clientela. O CRM, ou Gestão do Relacionamento com o Cliente, é uma abordagem que coloca o cliente como foco, buscando antecipar suas necessidades para atendê-las da melhor maneira. Isso também exige uma equipe alinhada, que saiba se comunicar de maneira eficiente.

E você, como observa o ritmo de seu negócio e nota que ele não vai indo bem? Compartilhe suas experiências nos comentários!

 

Deixe um comentário